OUÇA NOSSAS RÁDIOS CRIADAS
COM EXCLUSIVIDADE
PARA NOSSOS OUVINTES
FAÇA SEU
CADASTRO
FALE COM A ALPHA

Chama o síndico!

Conheça um pouco sobre a vida e a carreira de Tim Maia, que completaria 75 anos

tim maia capa_2.jpg

A voz rouca, grave e carregada são características marcantes do carioca da gema, tijucano, nascido no dia 28 de setembro de 1942. Sebastião Rodrigues Maia estaria completando 75 anos esta semana. Tim Maia, como ficou conhecido artisticamente, deixou sua marca na Música Popular Brasileira, se tornando um dos maiores ícones da nossa música. Cantor, compositor, produtor, maestro, multi-instrumentalista e empresário, foi o responsável pela entrada do Soul Music no Brasil, além de ter se tornado o primeiro artista brasileiro totalmente independente de grandes gravadoras. Em 2002, recebeu o título de “síndico do Brasil”, do amigo Jorge Ben Jor, na música “W/Brasil”. Em 2012, foi classificado como o maior cantor brasileiro de todos os tempos pela revista Rolling Stone, ao lado da cantora Elis Regina, e o 9o maior artista da música brasileira.



Em 1957, formou o grupo Sputniks, do qual fazia parte Roberto Carlos e Erasmo Carlos. Em 1959, viajou aos Estados Unidos, onde permaneceu por quatro anos. Apenas em 1968 gravou o primeiro álbum, com as músicas “Meu país” e “Sentimento”. A partir daí sua carreira alavancou, gravando em 1970 um dueto com a cantora Elis Regina, cantando a música “These are the songs”, que fez parte do LP da cantora. No mesmo ano, gravou o álbum Tim Maia, com os sucesso “Azul da cor do mar” e “Primavera”. O disco ficou 24 semanas nas paradas de sucesso do Rio de Janeiro, e vendeu mais de duzentas mil cópias, consagrando o sucesso do cantor.



Um ano mais tarde, Tim grava um novo disco, com as músicas “Não quero dinheiro (só quero amar)”, e “Preciso aprender a ser só”. Lançou “Gostava Tanto de Você”, um de seus maiores sucessos até hoje, no ano de 1973, ao divulgar mais um álbum.



Tim Maia permaneceu no topo das paradas musicais nos anos 80, lançando inúmeros sucessos, que são lembrados desde os mais velhos até os mais jovens. Em 1981, o artista divulga “Do Leme ao Pontal”, que fez grande sucesso no verão carioca. A música se tornou um símbolo do Rio de Janeiro, um patrimônio da cidade. Ao lado de Sandra de Sá, no ano seguinte, lançou “Vale tudo”. Já em 1983, o LP “O Descobridor dos sete mares” estourou no país, e a música título se tornou um fenômeno. Faz parte do álbum a balada romântica “Me dê motivo”, outro grande sucesso do cantor.



Na década de 90, Tim lançou outros nove álbuns, em sete anos. O período foi marcado por muitos prêmios, e e artsta conquistou seis vezes o Prêmio da Música Brasileira na categoria de melhor cantor, nos anos 1988, 1990, 1992, 1993, 1995 e 1997. Mas Tim Maia também enfrentou muitos problemas de saúde, com o grande vício nas drogas e o aumento de peso. No dia 15 de março de 1998, não conseguiu subir ao palco para realizar uma apresentação no Teatro Municipal de Niterói. Saiu de ambulância do local, e sofreu duas paradas cardiorrespiratórias. Nesse dia, o mundo perdia Tim Maia, e Música Brasileira perdia uma de suas grandes estrelas.

LEIA TAMBÉM

Alpha FM - O melhor vai começar

Gessinger fala sobre o novo single lançado em Novembro

Sequência de Classe - Donald Fagen

# BODY